30 outubro 2009

Figueira da Foz

No fim-de-semana grande do 5 Outubro houve uma saída do grupo do surf. Rumámos à Figueira da Foz, onde nunca nenhum de nós tinha surfado.
Como se quer nestas coisas do surf (quem está de fora não entende minimamente esta parte...) partida sábado às 6h45 de Lisboa, para ainda dar tempo de entrar duas vezes no mar.
Desencantámos pra lá um pico que esteve vazio TODO o fim-de-semana, com ondas 5 estrelas, rocha q.b., com direito a subir e descer uma escarpazita, muito protegido do vento norte.

Também fizemos umas investidas ao Cabedelo mas, pra mim, estava uma bela porcaria comparado com aquele outro pico a que pusemos o nome de Pico da Fábrica ou Pico do Paulinho.
Desta vez não fui eu que pus por palavras o que vivemos neste fim-de-semana, mas sim a Alessa. Como acho que ela descreveu muito bem, com autorização da moça, aqui vai:

“Meus Caros

Um grande BOM DIA a todos!

Ontem quando me deitei apesar de estar completamente de rastos não consegui pregar no sono ao ponto de voltar a acender a luz e começar a escrever-vos. Passo a transcrever:

Foi com um enorme júbilo (é mesmo para ser irritante) que passei um agradável e maravilhoso fim-de-semana na vossa companhia.
Estes três dias que passámos juntos foram de facto transcendentes (by Leiria de Matos).
Penso que todos nós nos superámos na atitude, na garra, na convicção, no acreditar até ao fim (esta é para ti Zé Paulo)!
E quando há coesão e enturmamento entre as pessoas o grupo que daí resulta só pode funcionar em harmonia.

Não há nada mais gratificante, e nisto Ari dou-te toda a razão, do que ir ao surf com os amigos e sentir que puxam por nós, nos incentivam e inspiram e muitas vezes nos bafejam para a onda!
Ontem quando cheguei ao outside da praia da Cova (sempre a última) senti uma imensa alegria ao observar-vos felizes e contentes em perfeita algazarra e animação a partilharem o line up. Fiquei tão contente com a vossa união...alto orgulho no grupo!
Outro momento foi na tarde anterior no mesmo pico. Estava a curtir a ver-vos surfar fora da água quando a dada altura ouvi no parque de estacionamento: "vaaaaiiii, vaiiiii, wwooowww iiééééé wwweeeeee". Arrepiei-me.

Tivemos sorte como tempo. Temperatura do ar e água excelentes para a estação do ano e localização geográfica.
Tivemos sorte com o crowd. Ficámos a saber que vão ao surf em bando. Haja Céu!
Imaginem 14 + 14 que seria o normal (mínimo na maioria das vezes) se tivéssemos a surfar no nosso quintal..

Ficámos a saber que o pico de Buarcos (Buracos by Ariana), antes de ser eleito o pico da Fábrica (para alguns) ou pico do Paulinho (para outros) não costuma funcionar. Ah! Grande pico esse!
Roque faço minhas as tuas palavras quando comentaste: "Se não tivéssemos com o Zé Paulo não tínhamos entrado."
Sem dúvida faz toda a diferença entrar em picos nunca antes navegados.. oops... surfados com quem tem experiência e conhecimento do mar.
Zé, obrigado pela excelente oportunidade que nos proporcionaste.
Acho que posso arriscar e dizer que ficámos todos completamente extasiados!

Durães, se não fosse a tua carrinha, acredita, a logística teria sido três vezes mais desgastante.
O tira-pões, o mete-e-tira, o chega-para-lá, agora desvia (lol) tinha-nos dado cabo da paciência em determinadas alturas.
Muito obrigado por teres partilhado o teu furgon maravilha e a tua boa disposição e carinho.

Vasco, o teu registo fotográfico é e tem sido, pelo menos de à ano e meio para cá, super importante. Ajuda-nos a ter a percepção real da postura, manobras, erros e timmings, para além de reter, e não quero ser injusta, 10% da adrenalina do que é fazer uma onda.
E também nos dar a cor maravilhosa do mar, do céu, do Sol.
Obrigado por nos acompanhares nesta paixão. E pela máquina que tira 3.2 fotos por segundo! eheheh
Não estou a ignorar os vídeos RTP, atenção!
São igualmente importantes para além de acrescentarem o tempo real que estamos em cima da prancha!
É porque as fotos têm uma definição que a tua cam, Zé, não tem.

Outro dos momentos altos que tive foi ontem quando saímos da fábrica e tentei quase em vão tirar a foto do grupo no ar (envio amanhã).


Vocês não estão bem a ver a vossa energia...foi lindo, lindo!! Vocês todos a andar na minha direcção...todos de peito aberto e felizes. Uaaaaauuuuu!

Todos nós saímos da Figueira da Fox (by Ana Roque) com um sorrisão incomensurável, um quentinho dentro do peito, com o perfume do lip nos cabelos e muitas ondas gravadas. Ondas, ondas, ondas e ondas na memória que foi difícil adormecer, durante e depois do fds, sem sentir tudo isto primeiro.
Sabem bem ao que me refiro!

Tenho muita coisa ainda por dizer mas receio não conseguir terminar o mail ainda hoje. E TEM de seguir hoje!

Henrique, Alá está contigo!
Frederico onde levas ajes pranxajes?
Setôre, não sei quem mata ou esfola primeiro.
Teresinha não desanima.
Heitor excelente regresso às aulas.
Maria voltas?
André, sogado!
Ari, soltem a parede!
Tiago foi um prazer.
Ana, Waldorf and Statler forever.
Vasco, vai uma francesinha?
Durães, verticália!
Zé Paulo, aposto que estás orgulhoso!

Era giro se acrescentassem as vossas versões.
Beijinhos
Alessa"

09 outubro 2009

Zé Peixe

74 anos, comandante de um rebocador, nada 3 ou 4 horas no mar (na boa!), não bebe água, só come fruta e há 50 e tal anos que não toma banho de água doce "só banho salgado"
Puxa! É obra!

28 setembro 2009

"Quem já nadou contra a corrente, sabe usar o vento a favor"

São dois vídeos sobre um homem com alma de verdadeiro surfista. Depois de ficar cego, conseguiu voltar a surfar da melhor maneira que há: com os amigos!
Simplesmente espectacular :)

Coloco apenas o 2º vídeo. O 1º podem encontrá-lo no youtube, se tiverem curiosidade.

03 setembro 2009

Para o Nelson!

Soubesse eu cantar e podíamos cantar esta música os dois!
Gosto!!!

02 setembro 2009

Love is the way

Diz que é uma "ridiculous song"... Eu gosto e é dedicada ao Vasco :)

do album Love is the way de Eddi Reader

19 agosto 2009

12 agosto 2009

Para a Dora


Enquanto houver estrada para andar, a gente vai continuar :)
Um beijo de parabéns, Dorita!

11 agosto 2009

As surfadas em França

Juntei as melhorzinhas, claro. Para além destas existe uma série de outras que não interessam nem ao menino Jesus! Mas aqui fica a onda que mais pica me deu surfar (com o coração tum-tum-tum-tum) e a mais curtida onde, sem saber como, fiz uma direia e uma esquerda na mesma onda! Surfar de calções e lycra também tem que se lhe diga! Que leveza! Viva a água quente com ondassss!
Obrigada ao Vasquinho, pela trabalheira das fotos :) És o meu fotógrafo preferido :P
video

07 agosto 2009

As férias na costa Sudoeste de França!

Saímos por volta das 5h30 da manhã. Ainda estava escuro mas o sol já começava a querer nascer.


Eu, o Vasco e o Henrique num carro, a Ana e a Alessa noutro lá nos fizemos a caminho de França. Algumas paragens pelo caminho, uma delas para almoçar uma massonga com camarões feita aqui pela je, sumos, morangos e bolos feitos pela mãe Simplícia e pela mãe Campos.
As estações de serviço em Espanha são do piorzinho que há no mundo. Sujas, porcas, imundas, barrascas, fétidas, fedorentas... não me saem mais sinónimos para m****! Mas tínhamos de parar em qualquer sítio, né?


Portagens em Portugal (5,50€), portagens em Espanha (17,15€), portagens em França (6,90€)...


1060 quilómetros depois, mais coisa menos coisa, chegámos!!!

Saint-Julien-en-Born, com cerca de 1300 habitantes (ai tanta gente!), fica a 8 km da praia. A nossa casinha era um espectáculo! Foi em três tempos que nos habituámos a ela e lhe chamámos casa. Além de ser espaçosa no interior, tinha um quintal porreiro com baloiços, cama de rede, mesa de matrecos, mesa de ping-pong e até toupeiras. De um lado da casa um parque de campismo (que lá são aos quilos! Isso é que aquela malta curte acampar!), do outro lado um rio que nos levaria de kayak (que também havia lá em casa) directamente à praia, não fosse a tempestade que houve no último inverno ter derrubado árvores e a coisa não estar muito transitável... (Isso... e as pranchas!)

A zona litoral das Landes (Aquitaine) corresponde basicamente a 230 quilómetros de praia após praia, duna após duna, pinhal após pinhal, um riozinho aqui, outro ali. É a maior zona de floresta de França e é brutal!



As praias... As praias são muita boas! Areal a perder de vista, separado do pinhal por um enorme e bem protegido cordão dunar.
As praias vigiadas são vigiadas a sério! Por banheiros, polícias (gendarmerie), com altas condições de segurança e meios de socorro (com heliportos nas principais praias)... Existem altas regras na praia: delimitação da zona de banhos, delimitação da zona para o surf e multas para quem não respeitar essas zonas! Os banhistas podem pagar 150 euros se não respeitarem a sua área! Os surfistas também pagam multa e ficam com prancha apreendida! É a loucura! Faz sentido quando o mar está mais atiçado porque, de facto, o mar ali tem muita força. Mas... quando está calmo não era preciso tanto stress, pá!
À entrada da praia têm sempre um “plano de praia” onde estão indicados os fundos, os bancos de areia, as correntes, a zona para banho, as zonas para o surf, os avisos e conselhos... Altamente bem feito! Têm ainda informações meteorológicas do tipo: temperatura do ar, da água (22ºC!!!!), força e orientação do vento, índice UV...





A praia onde fomos mais vezes e onde curtimos mais surfar foi a praia de Cap de L’Homy.


Também íamos bastante à praia de Contis que se dividia em duas: uma vigiada e outra, como eles chamam, “sauvage”.


O ponto alto no que diz respeito a passeatas nesta zona foi a Dune du Pyla. É a maior duna da Europa, com 105m de altura, 500m de largura e 2,7km de comprimento! De um lado o mar, do outro o pinhal. É impressionante porque parece que estamos no deserto, tal é a quantidade de areia!



A segunda semana foi passada em Capbreton, que já tem outra movimentação! Já temos pessoas, filas, carros, rotundas, rotundas, rotundas, lojas, praias urbanas, rotundas, rotundas, rotundas... Comparado com Saint Julien-en-Born a coisa pia fino mas, ainda assim, nada que se compare com uma cidade grande! No primeiro dia fizemos um bocadinho de birra: queríamos o outro sítio, a outra casa, a nossa casa!!!
Mas a verdade é que o sítio era bom e a casa também. Voltámos a ficar numa vivenda com 2 pisos, com menos espaço e menos casas de banho :) Como ficámos no centro de Capbreton ao menos podíamos ir a pé à rua das lojas, ao pão, ao café, ao restaurante...!

Capbreton fica coladinho a Hossegor, uma localidade completamente virada para o surf, em cujas praias se realizam campeonatos e que tem uma rua carregadinha de lojas de tudo o que é marca de surf. Lá se foi uma tarde de entra e sai, experimenta, tá grande, tá pequeno, entra, sai, experimenta, é caro, vou levar!

Nesta 2ª semana a nossa praia eleita foi Les Casernes. Era das que ficava mais longe da localidade e tinha um acesso longo e penoso de quase 1km desde o estacionamento à praia (para quem anda com tudo às costas como pranchas, comidas, águas, máquinas fotográficas e de filmar, chapéus de sol...). Como o estacionamento não ficava mesmo à beira da praia, obviamente que esta praia tinha muito menos pessoas do que as que ficavam mais próximo da vila :)


Destacam-se, nesta semana, duas passeatas: uma a Biarritz, para um jantar sumpimpa e uma ida a San Sebastián/Donostia, em Espanha, com direito a uma sessão de tapas e cañas numa tasca muito típica!


Os convivas:
Alessa, também conhecida por Fátima ou Gwendoline, gosta muito de “loire” e bocadillos cerrados a meio.
Frase preferida: “mais noooon!” ou “c’est pas possible!”


Ana, miúda gira com um sotaque intocável, à noite responde pelo nome de François, quando lhe cresce o bigode. A sua pizza favorita é a “trés fromage” e é louca por NU-TE-LAAAA!
Frase preferida "SupeRRRRR!!!”


Ariana, gostava de ser fã da pelota basca mas não lhe deram hipótese. Possuidora de uma gorge da treta, ela foi febre, tosse e 2 dias afónica, dando descanso à equipa! Recuperou com a ajuda de vários basquettes du pain!
Frase preferida "Tu est fétide!" ou “Oh seignosse tá hossegada!”


Henrique, a referência surfística masculina do grupo faz todas as suas compras no LeCréque. Formou-se em sandwiches finas de tomate e mozzarela, regados com um fio de huille de noisettes e a famosa erva aromática francesa, oregãos! O seu sonho é alistar-se na Gemamerie!
Frase preferida "Merci, hein?!!"


Vasco, fotógrafo de renome ao nível nacional, internacionalizou-se pela 1ª vez, tendo dado provas irrefutáveis da sua qualidade artística. O seu animal favorito é a foca.
Tem uma amiga inseparável "fétide à la bouche" que constrói frases inteligentíssimas como "siga pela estrada" ou “saia na saída”.


O surf! Apanhámos um bocadinho de tudo. Mar grande/pequeno, ondas perfeitas/desmanchadas, ondas moles/cavadas, com/sem vento, offshore/onshore... Acho que entrámos todos os dias excepto um ou dois em que esteve mesmo mau tempo e mar desgraçado.


Para falar das surfadas logo coloco aqui outro post, bale?

01 julho 2009

Orquestra Imperial


"A Orquestra Imperial é uma Big Band brasileira, formada em 2002. Com o objetivo de formar uma orquestra típica de gafieira, o grupo reúne de nomes notáveis da cena pop carioca, como Rodrigo Amarante (do grupo Los Hermanos), Moreno Veloso, Domenico e Kassin (Do projeto +2), Nina Becker, Thalma de Freitas (Atriz da Rede Globo), Rubinho Jacobina (irmão de Nelson Jacobina, parceiro de Jorge Mautner) a já experientes músicos como o compositor da Império Serrano, cantor de samba e baterista Wilson Das Neves. A orquestra conta ainda com: Berna Ceppas, Rodrigo Bartolo (que toca com o Duplexx), Pedro Sá (guitarrista de Caetano Veloso, baixista no +2), Bidu Cordeiro (que acompanha o Paralamas do Sucesso, Reggae B e 3B Rio). Outro parceiro nas apresentações vem sendo o DJ Marlboro, que ganhou o título de "DJ oficial da Orquestra Imperial"." (Fonte: wikipedia)
Mónica, obrigada pela dica. Gostei imenso!

Estarão este sábado num concerto ao vivo, ao ar livre, na Gulbenkian. 10 euros

26 junho 2009

25 junho 2009

Surfada na Praia de Santa Rita - Santa Cruz

Foi no domingo, dia 21 de junho.
Uma foto de cada um dos camaradas presentes, excepto do prof, que não consigo escolher errrr!
Alessa

Ana Rock

Ariana

Castrol

Durão

Fred

Henrique

Pedro Stôr

Princesa

Racismo é burrice


Uma letra fabulosa, essa do Gabriel O Pensador :)

19 junho 2009

Volume no máximo!

Pra mim esta música é Verão! E o Verão está mesmo aí a chegar!!!
Copo na mão, volume no máximo e toca a dançar!

Compal

Sabores novos, bons mas bons!
Néctar goiaba
Ananás e hortelã
Romã com chá verde
Frutos vermelos com não-sei-quê...

Bons mas bons!

17 junho 2009

Essa tem dono! Essa tem donooooo!

Os tipos da Polen cumpriram com os prazos! Mandara-me um SMS ontem a dizer que a prancha estava pronta. A data fixada era 22 de Junho :)
Ainda ponderei se valia a pena ir à Costa buscá-la, ou se a coisa podia esperar por sexta-feira, mas o Vasco meteu-me veneno e não consegui esperar!

Fui muito bem tratada, explicaram-me tudo aquilo que é preciso para tomar bem conta da bicha. Agora é esperar uns 3 ou 4 dias para a bicha secar e depois levá-la para o baptismo :)

'Tou que não posso!!!!!!!!!!!!

15 junho 2009

Férias 5 estrelas!

Mais uma semana de férias que passa a correr...
Ao terceiro dia pensamos "Uauuu! Parece que já cá estou há tanto tempoooo! Já entrei no ritmo, completamente! Esta casa já é minha!"
Ao quinto dia já estou "eh pá, mais 3 dias e isto acaba!!! Caneco! Tenho de aproveitar tudo!"

Estivemos uns dias numa casa 5 estrelas na Bordeira, com passagens pelas praias do Zavial, Ponta Ruiva, Amado, Bordeira e Arrifana.
O Zavial estava mesmo bom, sem vento, muito calorzinho, boas ondas e água friaaaaa como o costume! Pena ainda não ter pedalada para ir lá prá direitona encostada às rochas... Ainda por cima surfar sozinha não tem nem metade da graça, pelo menos pra mim!
Valeu a companhia do Fred e dos seus amigos, numa passeata com direito a surfada ao final da tarde, na Arrifana. Com o mar a fechar, à 2ª ou 3ª onda fui apanhada na máquina de lavar e saí. “Amanhã há mais, que não estou para me magoar no meio das férias!”

Depois subimos ao encontro da Ana e da Alessa, para ficarmos os restantes dias em casa do pai da Ana. Fomos tratados nas palminhas das mãos pelo anfitriões João e Manuela, com direito a churrascadas, verduras (que o Vasco comeu e repetiu! Os meus parabéns à Manuela, excelente doceira e verdureira!), caracóis, cafezinhos, chazinhos... tudo! À excelente companhia aliou-se um tempo fabuloso, com ondas de trás da orelha em S. Torpes  A praia de Aivados também deu umas ondas mas cedo o vento levantava e estragava a festa...
Valeu aqui também a companhia inesperada do Henrique, do Durão, do Fred e Companhia, do Nuno (primo do Vasco) e do Pedro Oliveira (também conhecido como “o amigo da Argolas”).
Ahhh! E ainda houve lugar a uma jantarada de massada de peixe com os amigos da Alessa, em Melides :)

Desta vez não houve direito a fotografias. Culpa minha, que deixei cair a máquina fotográfica nos açores... Culpa da SONY, que tem uma assistência técnica da treta, que há 1 mês que lá tem a máquina e ainda não foi capaz sequer de fazer um orçamento... Lembrei-me momentaneamente de tirar umas fotos com o telele. Ao menos isso!

5 estrelas, é o que vos digo! Agora é esperar mais um mês para estar novamente de férias :)

Bordeira


Aivados com morangos

05 junho 2009

As duas amigas aniversariantes

Gilda
A pequerucha aqui era pequenina mas agora já está uma menina! Faz hoje 4 anos! Liiinda! Ainda me lembro quando ela disse "A Aiana é minhámiga!"


Mónica
A Dona Mónica faz mais uns aninhos que a Gilda, mas também é uma pequenina! E amiga!


Parabéns às duas!

04 junho 2009

Mais um reencontro proporcionado pelo Facebook!

Reencontrei a Sónia (virtualmente) pelo Facebook (fcb).
Agora já posso ir seguindo a vida dela não só pelo fcb mas também pelo blog (http://vanderzwaan4.blogspot.com/), que fala do dia-a-dia da vida em família na Holanda (com dois filhotes deliciosos), com fotos bem bonitas!
Sónia, já adicionei o teu blog aqui na lista dos favoritos :)

Beijinhos aos 4!

Desafio do Lopes

Em resposta ao desafio publicado pelo Sô Lopes, aqui vão 5 situações da minha vida que mereciam ser passadas em slow motion:

1. Os dias em casa dos meus avós paternos, com o nosso cão Schweppes, com direito a brincar com os coelhos, porquinhos e outros bichos, comer cenouras directamente arrancadas da terra e brincar aos comboios com os miúdos lá da rua, dentro das caixas de fruta...
2. O único acidente que tive. Foi com o carro do meu pai, na Arrábida, a caminho da praia de Galapinhos... Ainda hoje gostava de saber o que me passou pela cabeça e o ranço que tive!
3. Os primeiros campeonatos nacionais em que participei, a subida ao pódio com as minhas colegas e amigas, a minha praxe com direito a corte de cabelo com a forma de ameias de castelo :P
4. A surfada nocturna em noite de lua cheia, na Costa. Não há mesmo palavras para descrever...
5. O meu futuro tubo, numa onda de água quentinha, só de bikini e lycra, num onda de água transparente, muito compriiiiiidaaaa (tinha que escrever isto!).

Alguém aceita o desafio? 'Bora lá!

29 maio 2009

Parabéns Vasquinho!


O rapazolas apanhou-me, mais uma vez. Em Agosto volto a passar à tua frente ;)
Muitos beijinhos de parabéns!
GMDTZ!!!

PS- A subida até ao cume pode ser penosa mas, lá em cima, és recompensado ;)

Concha Buika

Descobri a Concha Buika por acaso. Um bocado como a Rosário Flores, também espanhola, que foi a minha banda sonora nas férias em Marrocos, o ano passado.

Diz que a Concha nasceu em Palma de Mallorca e que a sua família é da Guiné Equatorial. Diz ainda que mistura flamenco com soul, jazz e funk.
Gosto!

PS- Pai, ouve que vais gostar. Alma “gitana”!!!



26 maio 2009

A saga da Carris: último episódio

Recebi o processo de contra-ordenação do IMTT (Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres). Trabalham bem, estes gajos... Ainda no final de Fevereiro fui apanhada sem bilhete no autocarro (sem intenção) e já chegou a carta a dizer que, basicamente, ou pago agora ou vou para tribunal. Não paguei na altura na esperança que a coisa prescrevesse, caso demorassem mais de 1 ano para tratar do assunto... Mas não, os gajos trabalham bem...
Tenho de pagar :(
Incha com 179,40 euros. Sim! 179,40 euros!!!

O valor pode levar a crer que tentei matar um conjunto considerável de pessoas. Mas não... Só passei o bilhete e a máquina não leu!

E mais não digo, que não sei que hei-de dizer...

25 maio 2009

A minha 1ª prancha!

Para vocês não deve interessar puto... Mas 6ª feira mandei fazer a minha primeira prancha de surf :)
Uma Polen 6'3” x 18.5” x 2.31”, round squash.
Pimmmmmba!

Daqui a um mês digo qualquer coisa sobre a bicha, quando ela chegar :)

24 maio 2009

Dora Serrano: a artista revelação!

Com coragem, classe e talento, a nosssa Dorica estreou-se na sua primeira peça de teatro! As novas tecnologias permitem registar facilmente (embora com pouca qualidade) estes momentos fantásticos.
De verdade, adorámos ver-te! O teu papel de má (Rosália) foi tão bem conseguido que metias medo com o teu olhar faiscante!
Continua, por ti e por nós! Queremos ver-te mais vezes!

Dª Xepa pelo Grupo de Teatro Amador "Os Cintrões", na Sociedade União Sintrense, 16/05/20009
video

22 maio 2009

Quero um!

Ontem, depois da surfada na Costa, decidi experimentar o Skate do amigo Henrique. Tenho um medo do caneco de sk8's. Quem me conhece sabe que sou desastrada ao ponto de conseguir cair sozinha no meio da rua... Imagine-se com uma tábua com rodas debaixo dos pés!
Só vos digo! Ao fim de 5 minutos estava a curtir!!! Consegui e gostei! Acho que vou comprar um skate, caraças!
video

18 maio 2009

Recordações dos Açores

A ideia é fazer um apanhado das fotos e filmes que fizemos nas férias em S. Miguel. Ainda não houve tempo :(
Assim sendo, e a pedido de várias famílias, aqui ficam algumas imagens a servirem de aperitivo.
O núcleo duro era composto pela a Ana, a Alessa, a Ariana e o Henrique, acompanhados 1 dia pelo Zé Paulo.
Férias 5 estrelas, a pedir mais dias e mais ilhas.
Fica para uma próxima, pessoal?

Desculpem se me estiquei no número de fotos, mas é difícil reduzir 1300 fotos a meia dúzia :P

Maranhão, Capelas - a vista da nossa casa

Maranhão, Capelas - a vista da nossa casa

Cascata Caldeira Velha - Ariana e Henrique

Cascata Caldeira Velha - grupo

Cascata Caldeira Velha

Cascata Achada do Nordeste

Furnas

Cascata da Achada - Nordeste

Lagoa das Sete Cidades

Lagoa das Furnas

Lagoa do Congro

Lagoa do Fogo

Mosteiros

Mosteiros debaixo de água - Alessa

Mosteiros debaixo de água - Ana

Poça da Beija

Poça da Beija - grupo

Porto de Capelas - grupo

Porto de Capelas - grupo

Porto de Capelas - grupo a remar em seco

Praia da Caloura

Praia de Santa Bárbara

Praia do Monte Verde

São Roque

Miradouro Costa Nordeste - grupo

Vista da Costa Nordeste